Tolerância à Violência Doméstica Contra a Mulher na História (casos reais)

É um dos fatos mais conhecidos de toda a história: que antes do período de 1960, quando as feministas marxistas foram contratados para preencher as vagas que orientariam a política pública, que a sociedade como um todo, a polícia e os tribunais, ignoravam, toleravam e aprovavam a violência doméstica contra as mulheres.

Embora as evidências contradizendo essa mentira feminista seja volumoso, bilhões de dólares dos contribuintes são colocados nas mãos daqueles que promovem informações fraudulentas para promover suas agendas autoritárias utópicas de engenharia social.

Alguns leitores poderão achar as punições descritas nas velhas reportagens ofensivas para suas idéias de tratamento de criminosos. No entanto, o ponto desta coleção não é oferecer um endosso para cada ação descrita aqui, mas para demonstrar como, no passado, o quão forte o quão universal e foi a condenação do sexo masculino para o crime de violência doméstica contra as mulheres, apesar de toda a propaganda que doutrina o público hoje afirme o contrário.
The Unknown Misandry

Read more

Tolerância à Violência Doméstica Contra a Mulher na História (publicações reais)

Nos é dito nos dias de hoje, como a Violência Doméstica do marido praticada contra sua esposa é algo antigo e que fazia parte da cultura [machista] que permitia e tolerava esses casos em silêncio, achando que era algo correto e normal, uma cultura de aceitação da violência contra a mulher.

Este post contém recortes de jornais, cartazes e cartões-postais do ano de 1850 a 1950, uma época considerada “totalmente machista e patriarcal, onde as mulheres sofriam todos os tipos de opressão até a criação do feminismo” – que surgiu oficialmente na década de 60. As imagens respondem nossa pergunta:

A sociedade ocidental alguma vez considerou a violência doméstica contra a mulher algo aceitável?
“Kill Him or Leave Him – Judge Tuthill’s Advice To Woman Beaten By Spouse.” The Spokesman Review (Wa.), Jul. 30, 1907, p. 10

Read more